Escolha uma Página

Como era o casamento de antigamente?

A comemoração do matrimônio como é conhecida hoje é fruto de diversas mudanças que ocorreram com o passar do tempo, desde seu começo. Além de variar de região para região.

Ainda na Roma antiga, local que mais adicionou simbologias para a festa, as noivas já utilizavam véus, atiravam buquês e se vestiam especialmente para a ocasião. Elas usavam aromas especiais de ervas e prendiam flores brancos em seus cabelos, acompanhadas por ramos de espinheiros.

Na Grécia eram utilizados ramos de flores, onde cada flor tinha um significado. Ainda naquela época os noivos não podiam ver a noiva no dia da cerimônia. As damas de honra (pessoa que leva aliança para o altar) eram escolhidas para afastar os maus espíritos, pois não influenciaram negativamente a noiva, os padrinhos tinham a mesma finalidade.

Também o beijo para consolidação do casamento era utilizado, para eles, não há cerimônia termina sem beijo.

Também houveram outros tipos de celebração nesta mesma época, mas em outros locais, como na China antiga, onde jogavam arroz sobre os noivos, para atrair riqueza e prosperidade, ou nos povos germânicos, onde surgiu a lua de mel, pois estes se casavam sob lua nova e bebiam hidromel. Além dos faraós, que usavam alianças circulares para representar a eternidade.

Já na idade média as noivas passaram a se casar vestidas de vermelho, que mais tarde foi substituído pelo branco, com o casamento da Rainha Vitória, da Inglaterra, que inaugurou a utilização de vestido de casamento.

No século XI surgiu a aliança, símbolo da união (esta era composta inicialmente por ervas, mais tarde se tornando feita de ouro), a tradição dos presentes e o bolo. Também surgiu a noite de núpcias, que no Cáucaso era levada tão a sério que toda a vila poderia ficar na sala ao lado esperando o desenrolar, e caso o lençol não ficasse ensanguentado, a noiva poderia ser rejeitada pela família do noivo.

Os burgueses que surgiam na época faziam as mulheres casar de branco caso fossem virgem, mostrando a legitimidade da prole.

Orçamento Online

Receba um atendimento Personalizado

Instagram

Acompanhe nossos ultimos Eventos

Dicas para acertar na assessoria do seu Casamento

Baixe nosso e-book Grátis

Autora do Blog MITS

Giovanna Malavasi

Giovanna Malavasi

Fundadora MITS Assessoria

Formada em Hotelaria pelo Centro Universitário Senac, apaixonou-se pela área de eventos e especializou-se em Administração e Organização de Eventos, pela Universidade Anhembi Morumbi. Começou aos poucos promovendo festas, organizando pequenos shows e trabalhando em empresas voltadas ao mercado de eventos.

Neste caminho, Giovanna entrou para o ramo de assessoria de casamentos e então começou a sonhar e planejar com sua futura empresa.